Aplicativo vira guia para pegação de mulher pelo mundo

Quase todo mundo gosta de viajar. E quase todo mundo gosta de transar. Viajar para um lugar em que você faz sucesso, é visto como a beleza ideal e tem facilidade em fazer sexo com pessoas interessantes, então, seria perfeito. Nada errado até aí, certo?

O aplicativo Girls on a Map é quase um TripAdvisor – que dá dicas de experiências turísticas e hospedagem – focado em sexo. Assim como o Lulu – lembra dele? Aquele app em que mulheres davam notas aos caras e que já deve estar em total esquecimento? -, ele publica fotos sem autorização prévia da pessoa e os caras dão notas para descobrir de onde são aquelas mulheres e qual o nível de dificuldade de transar naquele destino.

É como se mulheres fossem a Torre de Pisa ou o Pão de Açúcar. E aí, tem filas? É difícil entrar? Devo levar lanches ou há lanchonete no local? Atrações turísticas. Como se transar com alguém fosse igual para todo mundo. Há pessoas que tem uma facilidade incrível em arrumar um parceiro para o sexo casual, já outros não conseguem, nunca, ficar com alguém. Não importa se as pessoas são “ fáceis” ou não.

Girl on a map - canada

De acordo com o Kevin Leu, fundador do site, o Girls on a Map é o primeiro site de viagens projetado para solteiros. ”Só os EUA, mais de 28% de todos os turistas estrangeiros estão entre 18 a 34 anos de idade. Eles querem ver os locais, mas eles também estão procurando uma aventura de férias. E por que não? É o elixir da vida! Com GirlsOnAMap, criamos uma plataforma para jovens, solteiros em busca de emoção -. Um grupo demográfico que outros sites de viagens têm ignorado”, explica o empresário.

No site é possível avaliar as fotos das usuárias, que não tem seu nome e localização exata expostos. A foto é acompanhada de uma pequena descrição do local onde a garota mora e saber mais sobre a cidade de onde ela, com informações do site Wikipédia.

O avaliador também tem acesso a comentários de usuários que já estiveram no local e opinam sobre “quão fácil” são as garotas da cidade. Para os mais interessados no turismo do que nas garotas é possível ainda ter dicas sobre bares, festas e pontos turísticos da região, as dicas são dadas pelos próprios usuários, em uma espécie de site colaborativo.

Segundo Kevin a ideia surgiu como uma brincadeira de amigos que queriam saber “onde vivem as garotas mais quentes do mundo”, para ele são as jovens islandesas mas a curiosidade pela opinião de outros rapazes motivou a criação do site.

Girls on a map - goiania

Tanto homens como mulheres podem entrar com suas contas de outras redes sociais, como o Facebook ou o Twitter, e podem avaliar ou ser avaliados, mas apenas mulheres passam pela avaliação. Além da avaliação aleatória, onde as meninas aparecem na tela instantaneamente o usuário tem a opção de escolher a cidade que tem interesse, obter informações sobre turismo e sobre as garotas do local pesquisado.

Fonte: Testosterona

Com as etiquetas , , ,

Clássicos da cultura pop em versão pornô

PORN

Fonte: Byte que eu gosto

Com as etiquetas ,

Deep Throat, um clássico pornô

Linda Lovelace

Deep Throat é fácil o mais famoso pornô de todos os tempos. O filme que imortalizou a pornstar Linda Lovelace e popularizou mundialmente a prática da garganta profunda (boquete hardcore que tem por objetivo engolir o pau inteiro), é pesado como todo o bom pornô. Mas, em meio a diversas tomadas de sexo explícito e closes de genitálias em fricção, rola também uma trama interessante, com cenas divertidas e ótimos diálogos. A produção de baixo orçamento daquele ano de 1972 se assemelha aos filmes amadores de hoje em dia. Proibido em 22 estados norte-americanos, provocou uma verdadeira revolução à epoca, promovendo um grande debate sobre liberdade sexual.

A história se desenrola a partir da revelação da própria Linda, que conta à sua amiga que nunca chegou lá. Helen, que é bem descolada totalmente sem pudores, resolve ajudar a amiga a atingir o tão desejado orgasmo e promove uma concorrida fuckparty em sua casa. As duas revezam-se entre diversos rapazes. Helen trepa como uma alucinada com dois homens ao mesmo tempo, numa cena que chega a ser cômica. Mas o objetivo de fazer a protagonista ver estrelas não é atingido. Inconsolada, Linda decide procurar ajuda médica.

O doutor recebe Linda numa sala de decoração nonsense, jogando bolhas para o ar, enquanto ela fala. Pergunta-lhe sobre traumas de infância, mas diz não se incomodar com nenhum dilema moral. E então surge a questão: “Será que o problema é físico, e não psicológico?” O médico resolve fazer um tosco exame interno. Molha a ponta dos dedos em uma tigela de água (como se isso assegurasse qualquer condição de higiene) e vai observar no meio das pernas da garota com uma luneta. Rapidamente, obtém o diagnóstico: Linda não tem clitóris (obviamente que, na pequena pussy totalmente depilada da pornstar, vê-se um pequeno grelo – mas ignoremos o fato). A menina põe-se a chorar.

Ele pede para ela se acalmar e diz que há de ter um jeito. Pergunta-lhe o que a excita mais. Ainda aos prantos, Linda responde: “Fico excitada aqui”, apontando para a sua boca. Eis que o médico examina a garganta dela e lá dentro encontra o seu clitóris. Deep throat seria, portanto, a solução para a frigidez da garota. O doutor ensina: “É uma questão de disciplina. Você tem que aprender relaxar todos os músculos. Deve sincronizar a respiração com o movimento da sua cabeça”. Logo, ela resolve treinar com ele e acerta de primeira! Assim, Linda Lovelace ouve finalmente os sinos tocando e fogos de artifício e até um foguete decolar, tudo ao mesmo tempo.

Imediatamente, Linda se diz apaixonada pelo doutor e o pede em casamento. Ele diz que não pode fazer isso, mas se propõe a tratá-la e faz dela uma de suas enfermeiras. Há ainda uma cena bizarra em que um homem serve vinho em um recipiente colocado na buceta dela, e, enquanto penetra, bebe de canudinho. A garota continua atrás de um rapaz bem-dotado cujo pênis alcance o clitóris no fundo da sua garganta – segundo ela, deveria ser um pau de mais de 22cm!

É interessante assistir a esse filme e perceber certas mudanças culturais que ocorreram com o passar do tempo. Parece não haver muita preocupação com depilação genital. Se algum dia você ficar curioso em conhecer a obra, no link abaixo você encontra o filme na íntegra.

Deep Throat

Fonte: Lasciva

Com as etiquetas , , , , ,

Os alimentos que estimulam o sexo

sexy_couple

Alimentos afrodisíacos são aqueles que aumentam o desejo sexual em homens e mulheres. O termo deriva de Afrodite, deusa do amor, e faz referência a tudo aquilo capaz de estimular as capacidades sexuais dos seres humanos.

Para você quer esquentar o clima com sua parceira, confira abaixo uma lista de alimentos que estimulam o sexo, que contém uma base química comprovando seus poderes sexuais. Confira!

OS ALIMENTOS QUE ESTIMULAM O SEXO
Ostras

Ostras – considerado um alimento afrodisíaco por ser rico em zinco. Aumenta os níveis de testosterona.

Aipo – rico em feromônios, podem ajudar a atrair o sexo oposto. Um estudo recente descobriu que aqueles que mastigaram aipo se sentiam mais excitados em situações sociais do que aqueles que não mastigaram.

Canela – pesquisadores disseram que o aroma da canela é bom para o sexo. Ele aumenta o fluxo sanguíneo entre os homens.

Sorvete de baunilha – tem altos níveis de cálcio e fósforo, constroindo as reservas de energia e aceleram a libido. O cálcio também pode gerar orgasmos mais potentes. Os músculos que controlam a ejaculação necessitam de cálcio.

Ovos – Ricos em vitamina B5 e B6, são importantes na produção hormonal. Estudos mostraram que eles melhoram a libido (principalmente o de codorna).

Aspargos – ricos em ácido fólico, é um importante nutriente para a produção de esperma no homem.
Chocolate

Chocolate (cacau) – considerado afrodisíaco, aumenta o desejo sexual e o prazer nas mulheres, além de aumentar a produção de neurotransmissores, como a dopamina, serotonina e a endorfina, que estão diretamente envolvidos no prazer sexual.

Oleaginosas (castanhas do Pará, Nozes, Amêndoas) – ricas em arginina, que induz a vasodilatação por aumentar a produção de óxido nítrico, responsável pelo prazer sexual nas mulheres e ereção nos homens.

Soja – assim como as oleaginosas, é umas das principais fontes de arginina, ou seja, auxilia no prazer sexual nas mulheres e na ereção nos homens.

Pimentas – (principalmente caiena e malagueta) – ajudam no relaxamento da vagina, e na vasodilatação do pênis.
Romã

Romã – A romã é um dos alimentos considerados mais completos e tem benefícios pra fertilidade, sexualidade e até depressão. Aumenta a produção de óxido nítrico, o que contribui para vasodilatação do pênis. Estudos mostraram que o suco de romã é capaz de melhorar a disfunção erétil em homens.

Nas mulheres, aumenta o desejo sexual e também ajuda a manter as concentrações de estrógenos equilibradas (o que é bem importante para mulheres na menopausa)

Melancia – Para mulheres melhora a vasodilatação (relaxamento da vagina). Para homens, estudos mostraram que o suco de melancia tem um efeito semelhante ao Viagra, por melhorar a vasodilatação (que causa a ereção), e por melhorar a concentração de esperma.

Semente de abóbora – rica em magnésio, que é importante na produção de óxido nítrico, que melhora a circulação, promovendo maior prazer sexual em homens e mulheres. O magnésio tem demonstrado um efeito benéfico em casos de homens com ejaculação precoce.
Vinho tinto

Vinho tinto – rico em antioxidantes que combatem os radicais livres, com isso sobra mais zinco para a produção de testosterona.

Mexilhão e Anchovas – considerados afrodisíacos – são ricos em zinco, estimulam a produção de testosterona.

Curry – ricos em antioxidantes, que combatem os radicais livres, deixando mais zinco livre para a produção de testosterona.

Frutas Vermelhas (amora, framboesa, morango, mirtilo) – ricos em antioxidantes, que combatem os radicais livres, deixando mais zinco livre para a produção de testosterona.

Carne – rica em dopamina e norepinefrina, duas substâncias químicas cerebrais que aumentam a sensibilidade durante o sexo.

Mel – adoçante natural que ajuda o corpo a utilizar o estrogênio e aumenta os níveis de testosterona.

DICAS PARA MANTER O DESEJO SEXUAL EM ALTA POR MUITO TEMPO:

*Evite cigarros

*Evite refrigerantes

*Evite o consumo exagerado de bebidas alcoólicas

*Evite o uso de antidepressivos.

*Tenha uma alimentação rica em ômegas 3 (salmão, sardinha, linhaça, sementes de chia)

*Tenha uma dieta pobre em carboidratos refinados (arroz branco, pão, massas em geral, doces)

*Consuma 30gr de chocolate com mais de 70% cacau por dia

*Utilize os alimentos afrodisíacos sempre que possível.

Fonte: Manual do Homem Moderno

Com as etiquetas , , ,

Mulher quer transar com 23 homens no seu 23º aniversário

Heidi-Van-Horny

Heidi Van Horny está fazendo uma curiosa seleção, de acordo com o “Toronto Sun”. A atriz pornô vai selecionar 23 homens para fazerem sexo com ela no seu 23º aniversário. Os interessados deverão aceitar se submeter a testes de doenças sexualmente transmissíveis para participar do processo. Mais de 500 homens já se candidataram. A sessão de sexo será transmitida para um clube de swing em Montreal(Canadá).

Entre as garantias para que tudo ocorra, Heidi quer que os escolhidos passem por exames para descobrir se há doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e ela ainda pretende fazer uma seleção na hora para escolher quem realmente irá se dar bem. Ou seja, não é porque você está entre os finalistas que vai conseguir afogar o ganso. Tudo precisa ser muito bem organizado. “É o meu corpo, eu sou a única que vai escolher”, acrescentou.

Fonte: Testosterona

Com as etiquetas , , , ,

Pesquisa mostra que brasileiro é o que mais usa camisinha na 1ª relação

Sexo seguro

Uma pesquisa feita em 37 países mostra que o Brasil é o país com a maior proporção de uso de camisinhas na primeira relação sexual. Segundo o levantamento, 76% dos brasileiros mencionam o preservativo na primeira vez, contra 75,5% dos gregos e 62,8% dos sul-coreanos.

Os países com piores resultados são Indonésia (com 27,6% de uso na primeira relação), República Tcheca (30,4%) e Nova Zelândia (32,6%).

Entre os entrevistados brasileiros 77% disseram ter usado camisinha na última relação sexual. Ao longo da vida, porém, a proporção de uso é um pouco mais baixa, de 48%, já que a maioria das pessoas deixa de usar proteção quando a relação se torna estável.

A média global nesse quesito foi de 47%, o que mostra que o Brasil não está atrás em relação a sexo protegido.

DST e gravidez
Camisinhas

A maioria dos brasileiros se preocupa com DST (doenças sexualmente transmissíveis) e risco de gravidez ao ter uma relação sexual, mas para os homens a apreensão é um pouco maior: 62% deles se preocupam com DSTs, contra 55% das mulheres, e 46% têm medo de uma possível gravidez, contra 38% das mulheres.

A Durex Global Sex Survey envolve 29 mil pessoas dos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, China, Cingapura, Colômbia, Coreia do Sul, Croácia, Estados Unidos, Espanha, França, Grécia, Hong Kong, Hungria, Índia, Indonésia, Irlanda, Itália, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Nigéria, Países baixos, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, Suíça, Taiwan, Tailândia e Turquia.

Fonte: UOL

Com as etiquetas , , ,
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.052 outros seguidores

%d bloggers like this: